SINDICATO É PRA LUTAR E LIBERTAR SUA CATEGORIA DA DESVALORIZAÇÃO E HUMILHAÇÃO PROFISSIONAL

quinta-feira, 26 de março de 2015

Garis de Curitiba conquistaram 10% de aumento salarial no Tribunal

JÁ OS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM QUANTA TRISTEZA!! 1.300,00 POR MÊS
A luta dos 2.500 trabalhadores da limpeza pública de Curitiba alcançou resultado. Após um mês de negociações, 3 dias de greve, audiência no Ministério Público e mediação no Tribunal Regional do Trabalho, os garis tiveram 10% de reajuste nos salários e 16,41% nos vales-alimentação e refeição.

"Fomos de zero a 10 em um mês de mobilização e negociação", afirmou Manassés Oliveira, presidente do Siemaco Curitiba - Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação.
No último dia da greve (19/03) os funcionários que são contratados pela Cavo Saneamento e Serviços fizeram uma passeata da sede da empresa até o Tribunal Regional do Trabalho - TRT. "Por onde passaram, os trabalhadores da limpeza foram aplaudidos pela população que mesmo privada há 3 dias dos serviços de limpeza, fez questão de manifestar apoio à luta dos garis", contou Manassés.

Em 2015 Curitiba foi eleita a 28.ª capital mais limpa do mundo, sendo a única cidade brasileira citada no blog do site inglês Hassie.

Com o novo aumento, os salários dos garis de Curitiba estão entre os melhores pagos para a função no Brasil. Considerando a soma salário mais benefício um coletor de lixo residencial em Curitiba recebe R$ 2.525,73, o roçador R$ 2.481,48 e o varredor R$ 2.174,73.

Lixeiro não

Além do avanço da proposta econômica, outro item foi motivo de comemoração para a categoria. Em uma ação inédita, o Tribunal Regional do Trabalho do Paraná recomendou à empresa de limpeza pública e também à Prefeitura Municipal de Curitiba a abolição da palavra "lixeiro" em referência à coletores e varredores. Os Siemacos do Paraná mantém campanha permanente contra a palavra que é considerada discriminatória e pejorativa. "A oficialização do nome "gari" pelo TRT foi um marco, uma importante vitória pela valorização da atividade profissional", explicou Manassés.

Reconhecimento

No último dia de greve os trabalhadores da limpeza pública de Curitiba fizeram uma passeata pelo centro da cidade até a sede do Tribunal Regional do Trabalho. Por onde passaram foram recebidos com aplausos e demonstrações de respeito da população de Curitiba que apoiou à luta dos garis.