Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2015

ENQUETE VOTE: A ENFERMAGEM NECESSITA DE 30 HORAS, SALÁRIO DIGNO OU OS DOIS.

CLICK NO PRIMEIRO ÍCONE (ENQUETE) QUE SE ENCONTRA NO LADO SUPERIOR DIREITO DO SEU COMPUTADOR; PARA CONHECERMOS A REAL NECESSIDADE DOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM QUANTO A SALÁRIO E JORNADA DE 30 HORAS.

Ausência de área de isolamento não impede técnica de enfermagem de receber insalubridade em grau máximo.

Ausência de área de isolamento não impede técnica de enfermagem de receber insalubridade em grau máximo.
em ClippingJurisprudência A Sexta Turma do Tribunal Superior do Trabalho negou provimento a recurso da Unimed Vale dos Sinos Sociedade Cooperativa de Trabalho Médico Ltda. contra decisão que a condenou a pagar adicional de insalubridade em grau máximo a uma técnica de enfermagem que trabalhava em contato direto e permanente com pacientes com doenças infectocontagiosas, mas recebia o adicional em grau médio. Na ação movida contra o Hospital da Unimed, a técnica disse que também trabalhava como instrumentadora cirúrgica. Laudo pericial atestou que ela trabalhava no bloco cirúrgico preparando pacientes e fazendo curativos, limpeza das mesas cirúrgicas e instrumentos, e que os equipamentos de proteção individual (EPis) utilizados, como óculos, máscara, touca e luvas, apenas amenizavam os riscos da exposição a agentes biológicos, não os eliminando. A Unimed, em sua defesa, alegou que a…

TRT10 - Auxiliar de enfermagem que atua como cuidador de idoso é considerado empregado doméstico

TRT10 - Auxiliar de enfermagem que atua como cuidador de idoso é considerado empregado doméstico

Um auxiliar de enfermagem que atua como cuidador de idoso é considerado empregado doméstico. O juiz titular da 3ª Vara do Trabalho de Brasília, Francisco Luciano de Azevedo Frota, entendeu que a atividade preenche os requisitos do artigo 1º da Lei nº 5.859, de 1972. O dispositivo define o empregado doméstico como sendo a pessoa física que presta serviços de natureza contínua e sem fins lucrativos, à pessoa e à família, dentro da residência do empregador, com uma relação caracterizada pela subordinação, onerosidade e pessoalidade.
 “A natureza do serviço prestado, portanto, não é elemento definidor da relação de trabalho doméstico. Havendo as peculiaridades especiais referidas, ainda que se trate de um serviço eminentemente técnico ou intelectual, como no caso do técnico/auxiliar de enfermagem, a relação de emprego é doméstica, na esteira do que preconiza o art. 1º da Lei nº 5.859/72”, explic…

AFINAL PARA QUE SERVE UM SINDICATO..

NOTA: O SINDIPROENF PARABENIZA OS GARIS PELA SUA BRILHANTE FUNÇÃO SOCIAL E SUA VALORIZAÇÃO PREANTE A SOCIEDADE.
O SINDIPROENF ASSIM QUE CONQUISTAR O REGISTRO SINDICAL INICIARÁ URGENTE SUA REPRESENTAÇÃO JUNTO AOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM DO PARANÁ, RESGATANDO A VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL DIANTE DA SOCIEDADE ATRAVÉS DE SALÁRIOPS DÍGNOS E BENEFÍCIOS JUSTOS,

A) VARREDOR / AJUDANTE DE SERVIÇOS DIVERSOS -  Salário mensal R$ 1.054,27 Insalubridade mensal (cláusula 9ª) R$ 157,60 (20% do salário mínimo)
 Assiduidade mensal (cláusula 10ª.) R$ 105,43 (10% do salário nominal)
 Vale – Refeição mensal (cláusula 12ª) R$ 547,25 (25 vales de R$ 21,89);
Mediador - Extrato Acordo Coletivo 06/07/2015 16:37 1 de 18 Vale – Alimentação mensal (cláusula 13ª) R$ 310,25 (25 vales de R$ 12,41). 
Total R$ 2.174,80

C) COLETOR DE LIXO DOMICILIAR Salário mensal R$ 1.230,09
 Insalubridade mensal (cláusula 9ª) R$ 315,20 (40% do salário mínimo)
Assiduidade mensal (cláusula 10ª.) R$ 123,01 (10% do salário nominal)
Vale …

Decisão do STF impede Med-lar de contratar trabalhadores através de cooperativa

Decisão do STF impede Med-lar de contratar trabalhadores através de cooperativaDecisão do Supremo Tribunal Federal coloca em risco a sobrevivência do atual modelo de assistência domiciliar e pode fazer com que o serviço desapareça. Em 11/02/14 o STF negou provimento ao recurso apresentado pela empresa Med-lar. A empresa tentava derrubar decisão proferida pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) de abster-se de contratar trabalhadores através de cooperativa em âmbito nacional. Com a publicação da sentença, a Med-lar deve iniciar sua execução provisória no sentido de se abster de utilizar mão de obra cooperada por cooperativa de trabalho para quaisquer atividades, em âmbito nacional, seja fim ou meio, sob pena de multa diária de R$ 1.000,00 por trabalhador irregular. A empresa terá o prazo de 6 meses para o cumprimento da sentença O processo trata de ação civil pública ajuizada em 2009 pelo Ministério Público do Trabalho da 1ª Região (MPT) para defender os interesses de trabalhadores que …

STF garante aposentadoria especial para Auxiliar de enfermagem

STF garante aposentadoria especial O Supremo Tribunal Federal já declarou a omissão do Congresso Nacional para justificar o julgamento de 18 ações que garantem o direito à aposentadoria especial para servidor da Saúde, desde que trabalhe em exposição a agentes químicos, físicos e biológicos prejudiciais à sua integridade física.
A ação que orientou as demais foi iniciada há bastante tempo por uma servidora federal, auxiliar de enfermagem. O STF julgou procedente o mandado de injunção (MI), adotando como parâmetro o sistema do regime geral da Previdência Social, que no artigo 57 da lei 8213/91 dispõe sobre a aposentadoria especial na iniciativa privada.
Na ação, a auxiliar de enfermagem pedia que fosse suprida a falta de norma que regulamenta o artigo 40, parágrafo 4º da Constituição Federal, afim de possibilitar o exercício do direito à aposentadoria especial, em razão de ter trabalhado 25 anos em atividade considerada insalubre.
Com base nesse julgado, outras ações que tratam do mes…

Servidores em enfermagem rejeitam proposta do governo e mantêm greve

27/07/2015 12h26 - Atualizado em 27/07/2015 12h32 Servidores em enfermagem rejeitam proposta do governo e mantêm greve Para o sindicato, negociação com o governo não apresentou avanço.
Secretário da saúde explica que proposta verificou as limitações financeiras. Catarina CostaDo G1 PI FACEBOOK

GOLPE NÃO, RESPEITO A DEMOCRACIA SIM.

A VERDADE É NUA E CRUA, OS PERDEDORES NÃO ACEITARAM A DERROTA, PORTANTO NÃO RESPEITAM SEU VOTO NAS URNAS: ISTO SE CHAMA GOLPE.

GOLPE A CAMINHO...NÓS SEREMOS AS VÍTIMAS.

Quem vai dar o golpe no Brasil? Por Wagner Iglecias QUI, 12/03/2015 - 14:35 Por Wagner Iglecias
Na minha humilde opinião, o golpe contra o governo Dilma deverá ocorrer. Amanhã tudo pode mudar, mas se tivesse de apostar hoje, diria que vai ocorrer. Afinal, há uma conjunção de fatores negativos e muito delicados na política e na economia que debilita muito a situação da presidente. Além disso, há uma conjunção de atores, de fora e de dentro do país, cada vez mais convencidos de real possibilidade de que o governo dela possa ter um ponto final em breve. Reconheçamos:  a) O partido derrotado na eleição presidencial e seu candidato jamais aceitaram de bom grado o resultado das urnas e desde então não foram poucos os sinais emitidos de dúvida em relação à legitimidade de um segundo governo Dilma; b) A grande imprensa sempre temeu o petismo, por conta da proposta de regulação de seu ramo de negócios (que ocorre em países como EUA e Inglaterra, por exemplo); c) A classe média, que está ensande…

Pagamento em dobro pelo trabalho em feriados na jornada 12x36

É devido pagamento em dobro pelo trabalho em feriados na jornada 12x36? A Súmula 444 do TST encerra a discussão.
03.07.2015 Giordano Adjuto Teixeira e José Paulo Damaceno Pereira

PESQUISA SALARIAL DOS AUX/TÉC DE ENFERMAGEM NO PAÍS.

PESQUISA PISO SALARIAL NACIONAL DOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM  SETOR SERVIÇOS EM 2015 -  JORNADA 180/HORAS MENSAIS   AUX DE ENF/HOSPITALAR: PISO R$ 979,80 MÉDIA SALARIAL R$ 2.133,00. TÉC DE ENF./HOSPITALAR: PISO R$1.713,00 MÉDIA SALARIAL R$ 2.834,00 FONTE: .pisosalarial.com.br/servicos/tabela-salariawwwl-servicos-julho-2015/

OBS: MÉDIA SALARIAL SIGNIFICA VALOR PAGO  ENTRE O MENOR E MAIOR SALÁRIO.

CONCLUSÃO: SE HOUVER ALGUM AUXILIAR DE ENFERMAGEM HOSPITALAR RECEBENDO NO SEU HOLERITE
R$  2.133,00 POR MÊS, ISTO É; SALÁRIO MAIS ADICIONAL DE INSALUBRIDADE/PERICULOSIDADE ELE É UM PROFISSIONAL VALORIZADO. ( VALE ALIMENTAÇÃO/TICKT RESTAURANTE/CESTA BÁSICA/AUXILIO SAÚDE NÃO ENTRAM NA SOMA POIS SÃO BENEFÍCIOS E NÃO FARÃO PARTE EM SUA RESCISÃO DE CONTRATO E NEM DEPÓSITOS NO FGTS).

ISTO TAMBÉM VALE PARA O  TÉCNICO DE ENFERMAGEM  HOSPITALAR SE O MESMO RECEBER EM SEU HOLERITE R$ 2.834,00

QUANTOS DE NÓS RECEBEMOS EM SALÁRIOS OS VALORES ACIMA CITADOS EXCLUINDO OS BENEFÍCIOS.
  NÓS ACREDITAMOS QUE A GRANDE M…