AFINAL PARA QUE SERVE UM SINDICATO..




NOTA: O SINDIPROENF PARABENIZA OS GARIS PELA SUA BRILHANTE FUNÇÃO SOCIAL E SUA VALORIZAÇÃO PREANTE A SOCIEDADE.
O SINDIPROENF ASSIM QUE CONQUISTAR O REGISTRO SINDICAL INICIARÁ URGENTE SUA REPRESENTAÇÃO JUNTO AOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM DO PARANÁ, RESGATANDO A VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL DIANTE DA SOCIEDADE ATRAVÉS DE SALÁRIOPS DÍGNOS E BENEFÍCIOS JUSTOS,

A) VARREDOR / AJUDANTE DE SERVIÇOS DIVERSOS -  Salário mensal R$ 1.054,27 Insalubridade mensal (cláusula 9ª) R$ 157,60 (20% do salário mínimo)
 Assiduidade mensal (cláusula 10ª.) R$ 105,43 (10% do salário nominal)
 Vale – Refeição mensal (cláusula 12ª) R$ 547,25 (25 vales de R$ 21,89);
Mediador - Extrato Acordo Coletivo 06/07/2015 16:37 1 de 18 Vale – Alimentação mensal (cláusula 13ª) R$ 310,25 (25 vales de R$ 12,41).  
Total R$ 2.174,80

C) COLETOR DE LIXO DOMICILIAR Salário mensal R$ 1.230,09
 Insalubridade mensal (cláusula 9ª) R$ 315,20 (40% do salário mínimo)
Assiduidade mensal (cláusula 10ª.) R$ 123,01 (10% do salário nominal)
Vale – Refeição mensal (cláusula 12ª) R$ 547,25 (25 vales de R$ 21,89);
 Vale – Alimentação mensal (cláusula 13ª) R$ 310,25 (25 vales de R$ 12,41). 
Total R$ 2.525,80

D) CLASSIFICADOR DE RESÍDUOS / COLETOR DE RESÍDUOS DIVERSOS Salário mensal R$ 1.177,81 
Insalubridade mensal (cláusula 9ª) R$ 315,20 (40% do salário mínimo)
Assiduidade mensal (cláusula 10ª.) R$ 117,78 (10% do salário nominal)
 Vale – Refeição mensal (cláusula 12ª) R$ 547,25 (25 vales de R$ 21,89);
Vale – Alimentação mensal (cláusula 13ª) R$ 310,25 (25 vales de R$ 12,41).
Total R$ 2.468,29

E) SERVENTE Salário mensal R$ 1.040,55 
Insalubridade mensal (cláusula 9ª) R$ 157,60 (20% do salário mínimo)
Assiduidade mensal (cláusula 10ª.) R$ 104,06 (10% do salário nominal)
 Vale – Refeição mensal (cláusula 12ª) R$ 547,25 (25 vales de R$ 21,89);
Vale – Alimentação mensal (cláusula 13ª) R$ 310,25 (25 vales de R$ 12,41).
Total R$ 2.159,71

A) O pagamento dos dias destinados ao descanso semanal remunerados feriados trabalhados serão pagos em dobro.

C) Fica facultada a possibilidade de, mediante acordo individual com o seu empregador, adoção do regime de trabalho de 12 x 36 horas, sem percepção de horas extras, assegurando-se o piso salarial e a percepção integral dos tíquetes refeição e alimentação. Ainda, mediante acordo coletivo, devidamente celebrado com o sindicato profissional, fica facultada a adoção do indicado regime de trabalho (12 x 36 horas) a qualquer atividade.

A) Para os empregados que exerçam a função de OPERADOR DE ROÇADEIRA, CLASSIFICADOR DE RESÍDUOS, COLETOR DE LIXO DOMICILIAR E COLETOR DE RESIDUOS DIVERSOS, o pagamento de adicional de insalubridade será de 40% (quarenta por cento), calculado sobre o salário mínimo legal;

B) Para os empregados que exerçam a função de VARREDOR, AJUDANTE DE SERVIÇOS DIVERSOS e SERVENTE, o pagamento de adicional de insalubridade será de 20% (vinte por cento), calculado sobre o salário mínimo legal.

AUXÍLIO SAÚDE CLÁUSULA DÉCIMA SEXTA - PLANO DE ASSISTÊNCIA MÉDICA CAVO
A empresa proporcionará Convênio Médico - Hospitalar na UNIMED ou similar aos seus empregados e para seus dependentes legais, definidos na legislação previdenciária, nos moldes conveniados praticados pelo mercado, chamados de plano “stander” ou “básico”, com atendimento nacional.

 Ou seja, o profissional optante terá atendimento em qualquer município que haja estabelecimento credenciado pelo convênio médico.
As despesas de custeio do Convênio Médico serão rateadas da seguinte forma:
A) O empregado optante pelo convênio pagará R$ 42,51 (quarenta e dois reais e cinquenta e um centavos) mensais do seu salário (através de desconto autorizado em folha de pagamento), pela sua participação no convênio e mais R$ 42,51 (quarenta e dois reais e cinqüenta e um centavos) por dependente legal participante.
fonte: pdfhttp://www.siemaco.org.br/acordos/2015%20-%20CAVO.pdf