EQUIPARAÇÃO SALARIAL ENTRE AUXILIAR E TÉCNICO DE ENFERMAGEM..

VEM AÍ O SINDICATO DE ENFERMAGEM DO PARANÁ.

Poder Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Superior do Trabalho
PROCESSO Nº TST-RR-749-74.2012.5.04.0029
Firmado por assinatura digital em 11/11/2015 pelo sistema AssineJus da Justiça do Trabalho, conforme MP 2.200-2/2001, que instituiu a Infra-Estrutura de Chaves Públicas Brasileira.
A C Ó R D Ã O (Ac. 3ª Turma) GMALB/as/abn/AB/jn
RECURSO DE REVISTA INTERPOSTO SOB A ÉGIDE DA LEI Nº 13.015/2014. 1. EQUIPARAÇÃO SALARIAL. SOCIEDADE DE ECONOMIA MISTA. AUXILIAR DE ENFERMAGEM E TÉCNICO DE ENFERMAGEM. CABIMENTO.
1.1. Nos termos da Súmula 455 do TST, “à sociedade de economia mista não se aplica a vedação à equiparação prevista no art. 37, XIII, da CF/1988, pois, ao admitir empregados sob o regime da CLT, equipara-se a empregador privado, conforme disposto no art. 173, § 1º, II, da CF/1988.”
1.2. Por outra face, nos termos da Lei n° 7.498/1986, as profissões de auxiliar e de técnico de enfermagem possuem o mesmo nível de escolaridade como requisito formal, diferenciando-se, apenas, quanto às atividades exercidas.
Desse modo, a Orientação Jurisprudencial 296 da SDI-1/TST não é obstáculo à pretensão de equiparação salarial, uma vez que se refere à impossibilidade de comparação entre o emprego de atendente de enfermagem – para o qual não é exigida formação técnica – e a função de auxiliar de enfermagem.
Precedentes. Óbice do art. 896, § 7º, da CLT e da Súmula 333 do TST. Recurso de revista não conhecido.
2. HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS. HIPÓTESES DE CABIMENTO. Na Justiça do Trabalho, os pressupostos para deferimento dos honorários advocatícios, previstos no art. 14 da Lei nº 5.584/70, são cumulativos, sendo necessário que o trabalhador esteja representado pelo sindicato da categoria profissional e, ainda, que perceba salário igual ou inferior ao dobro do mínimo legal ou, recebendo maior salário, comprove situação econômica que não lhe permita demandar, sem prejuízo do sustento próprio ou de Este documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.tst.jus.br/validador sob código 10010C05384EC44D5B. Poder Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Superior do Trabalho fls.2 PROCESSO Nº TST-RR-749-74.2012.5.04.0029 Firmado por assinatura digital em 11/11/2015 pelo sistema AssineJus da Justiça do Trabalho, conforme MP 2.200-2/2001, que instituiu a Infra-Estrutura de Chaves Públicas Brasileira. sua família. Ausente a assistência sindical, desmerecido o benefício. Recurso de revista conhecido e provido.

LEIA NA ÍNTEGRA:  http://jurisprudencia.s3.amazonaws.com/TST/attachments/TST_RR_7497420125040029_a72bc.pdf?Signature=wisxGwaFmObcoRwN%2Fyo8OlsTlG0%3D&Expires=1452599113&AWSAccessKeyId=AKIAIPM2XEMZACAXCMBA&response-content-type=application/pdf&x-amz-meta-md5-hash=c88ee8991253eb99bcf3c6729bf57e18