Pular para o conteúdo principal

SINDICATO DE ENFERMAGEM GANHA AÇÃO DE EQUIPARAÇÃO SALARIAL PARA SEUS FILIADOS.

Sindicato da Enfermagem repassa primeira parcela a filiados de ação contra Auxiliadora

O montante de cerca de 140 mil reais será pago em até 8 parcelas aos filiados

Assessoria
 
Filiados receberam primeira parcela de benefício conquistado após ação judicial contra Hospital Auxiliadora. (Foto: 7even)
Filiados receberam primeira parcela de benefício conquistado após ação judicial contra Hospital Auxiliadora. (Foto: 7even)
O Sindicato dos Enfermeiros, Técnicos e Auxiliares de Três Lagoas por intermédio de seu presidente, João Carvalho, entregou na tarde desta terça-feira, 26, a primeira parcela do benefício de equiparação salarial dos filiados que trabalham no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora.
Mais de 30 profissionais compareceram na sede do sindicato para receberem seu benefício, que somados chegam a quase 140 mil reais. “Para nós hoje é um dia de muita alegria, não consigo nem expressar minha satisfação em ver o brilho nos olhos desses profissionais que se doam para salvar outras vidas, de ver eles se sentindo valorizado por uma conquista nossa. É um dia a ser comemorado”, disse o presidente, João Carvalho.
A ação foi elaborada com base na equiparação salarial dos funcionários da enfermagem que trabalharam por anos com salários inferiores a de outros profissionais que desempenham a mesma função e carga horária. O processo tramitou cerca de dois anos e o juiz deu causa ganha para o Sindicato, beneficiando assim os filiados.
Para o técnico, Claudio Rogério Vicente, essa é a hora de acreditar ainda mais no sindicato. “Hoje estamos recebendo a prova de que vale a pena se filiar a entidade, se juntarmos nossas forças seremos capazes de conquistar ainda mais pela nossa classe”, finalizou.
O montante pago será dividido em até 8 vezes e repassado aos trabalhadores por meio do sindicato.
(*) 7even Comunicação

Postagens mais visitadas deste blog

SALÁRIOS 2016 GARIS DE CURITIBA - VEM AÍ O SINDICATO DE ENFERMAGEM DO PARANÁ.

Tabela de Salários Cavo 2016 ( GARIS DE CURITIBA ) Coletor Domiciliar                                                 Salário R$ 1.365,39 Assiduidade R$ 136,53 Vales (alimentação e refeição) R$ 986,11 Insalubridade (SM) R$ 352,00 TOTAL R$ 2.840,03 Coletor Lixo Reciclável Salário R$ 1.307,36 Assiduidade R$ 130,73 Vales (alimentação e refeição) R$ 986,11 Insalubridade (SM) R$ 352,00 Total R$ 2.776,20 Varredor Salário R$ 1.170,24 Assiduidade R$ 117,02 Vales (alimentação e refeição) R$ 986,11 Insalubridade (SM) R$ 176,00 Total R$ 2.449,37 Servente Salário R$ 1.155,01 Assiduidade R$ 115,50 Vales (alimentação e refeição) R$ 986,11 Insalubridade (SM) R$ 176,00 Total R$ 2.432,62 Operador de Roçadeira Salário R$ 1.320,74 Assiduidade R$ 132,07 Vales (alimentação e refeição) R$ 986,11 Insalubridade (SM) R$ 352,00 Total R$ 2.790,92

 OUTROS: AUXILIO CRECHE - PLANO DE SAÚDE - SEGURO DE VIDA ETC... FONTE: http://www.siemaco.org.br/salarios/2016%20CAVO.pdf

ESCALA DE TRABALHO FOLGA SEMANAL...

JORNADA DE TRABALHO: São 8 horas diárias ou 44 horas semanais pela CLT e, considerando a Constituição de 1998; A Jornada de trabalho pode variar de acordo com a Instituição. Na enfermagem é comum encontrarmos vários tipos de jornadas; os mais comuns são: De 8 horas diárias ou 40 horas semanais, com dois descansos semanais; De 6 horas diárias ou 36 horas semanais, com um descanso semanal; De 6 horas diárias ou 30 horas semanais, com dois descansos semanais; De 12 horas de trabalho por 36 horas de intervalo entre as jornadas (chamados turnos de 12 por 36), com um descanso semanal; Ao realizar uma escala de pessoal, o profissional enfermeiro deve, portanto, levar em consideração a jornada de trabalho vigente na Instituição; inclusive podemos ter Instituições com jornadas diferentes para diferentes funcionários, o que significa que o profissional deverá elaborar a escala com pessoas que cumprem jornadas diferentes, o que torna o trabalho mais complexo. C L T -TIICIISII Art. 58 LEI COM…

SALÁRIO ENFERMAGEM PARANÁ 2017

SALARIÔMETRO
O valor representa o salário médio inicial para a ocupação CBO 322205 - Técnico de enfermagem socorristacom o perfil escolhido nesta consulta. Foi calculado com base nas 564 contratações observadas entre set/2016 e fev/2017.


R$ 1.342
 SALARIÔMETRO
O valor abaixo representa o salário médio inicial para a ocupação CBO 322205 - Técnico em hemotransfusãocom o perfil escolhido nesta consulta. Foi calculado com base nas 564 contratações observadas entre set/2016 e fev/2017.

R$ 1.342
 SALARIÔMETRO O valor abaixo representa o salário médio inicial para a ocupação CBO 322210 - Técnico em hemodiálisecom o perfil escolhido nesta consulta. Foi calculado com base nas 2 contratações observadas entre set/2016 e fev/2017. R$ 1.800

 SALARIÔMETRO O valor abaixo representa o salário médio inicial para a ocupação CBO 322210 - Técnico em UTIcom o perfil escolhido nesta consulta. Foi calculado com base nas 2 contratações observadas entre set/2016 e fev/2017. R$ 1.800

 SALARIÔMETRO O valor abaixo representa…