Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2016

SE TEMER CONSUMAR O GOLPE ACABOU A CLT. ( DIREITOS TRABALHISTAS SERÃO ENTREGUE AOS EMPRESÁRIOS).

CLT com Temer: 7 a 1 vai ser pouco30 de abril de 2016  15 0 FacebookTwitter

Dilma já admite defender convocação de novas eleições, diz jornal

Nos bastidores Dilma já admite defender convocação de novas eleições, diz jornal Conforme o Estadão, presidente ainda avalia o melhor momento para assumir a estratégia Por: Estadão Conteúdo26/04/2016 - 09h08min Compartilhar Foto: Sabrina Passos / Agência RBS A presidente Dilma Rousseff admite, nos bastidores, a possibilidade de defender a proposta que prevê a convocação de eleições presidenciais para encurtar em dois anos o seu mandato, mas ainda avalia o melhor momento para assumir a estratégia. Ministros próximos a Dilma dizem que isso já é "fato consumado" porque ela não terá governabilidade com o país dividido, mesmo se não sofrer impeachment no julgamento final do Senado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reuniu-se nesta segunda-feira com Dilma e tratou do assunto. Pela primeira vez desde que teve a nomeação suspensa para a Casa Civil, há 41 dias, Lula foi ao Palácio do Planalto. À noit…

PARA NÃO ESQUECER: ''PELOS PODERES DO CUNHA, EU DIGO SIM SR PRES. OPS DIGO SIM SIM SR CUNHA.''

Delator acusa Eduardo Cunha de receber propina de 5 milhões de dólares e apresenta planilha; “o meu preciso rapidamente”; veja a íntegra do depoimento16 de julho de 2015 às 16h46
Delator da Lava-Jato diz que Cunha pediu propina de US$ 5 milhões Presidente da Câmara nega acusação e afirma que Júlio Camargo é um “mentiroso” POR RENATO ONOFRE E THAIS SKODOWSKI, em O Globo 16/07/2015 15:46 / ATUALIZADO 16/07/2015 16:24 SÃO PAULO – O consultor Júlio Camargo afirmou à Justiça Federal, nesta quinta-feira, que foi pressionado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) a pagar US$ 10 milhões em propinas para que um contrato de navios-sonda da Petrobras fosse viabilizado. A informação foi confirmada ao GLOBO por três pessoas presentes no depoimento. Segundo Camargo, Cunha pediu US$ 5 milhões pessoalmente a ele. Ao GLOBO, Cunha negou a acusação e afirmou que o delator é um “mentiroso”. — Ele (Júlio Camargo) é mentiroso. Um número enorme de vezes dele negando qualquer relação …

COLETOR DE LIXO DOMICILIAR EM CURITIBA/2016 TOTAL R$ 2.840,03 - TÉCNICO DE ENFERMAGEM CURITIBA/2016 TOTAL R$ 1.484,00

VEM AÍ O SINDICATO DE ENFERMAGEM DO PARANÁ..

Tabela de Salários Cavo 2016 ( GARIS DE CURITIBA ) Coletor Domiciliar                                                 Salário R$ 1.365,39 Assiduidade R$ 136,53 Vales (alimentação e refeição) R$ 986,11 Insalubridade (SM) R$ 352,00 TOTAL R$ 2.840,03 Coletor Lixo Reciclável Salário R$ 1.307,36 Assiduidade R$ 130,73 Vales (alimentação e refeição) R$ 986,11 Insalubridade (SM) R$ 352,00 Total R$ 2.776,20 Varredor Salário R$ 1.170,24 Assiduidade R$ 117,02 Vales (alimentação e refeição) R$ 986,11 Insalubridade (SM) R$ 176,00 Total R$ 2.449,37 Servente Salário R$ 1.155,01 Assiduidade R$ 115,50 Vales (alimentação e refeição) R$ 986,11 Insalubridade (SM) R$ 176,00 Total R$ 2.432,62 Operador de Roçadeira Salário R$ 1.320,74 Assiduidade R$ 132,07 Vales (alimentação e refeição) R$ 986,11 Insalubridade (SM) R$ 352,00 Total R$ 2.790,92

 OUTROS: AUXILIO CRECHE - PLANO DE SAÚDE - SEGURO DE VIDA ETC... FONTE: http://www.siemaco.org.br/salarios/2016%20CAVO.pdf
Tabela de Salários Cavo 2016 ( G…

MAIS UMA EQUIPARAÇÃO SALARIAL ENTRE AUXILIAR E TÉCNICO DE ENFERMAGEM...

A C Ó R D Ã O 6ª Turma KA/am RECURSO DE REVISTA DO RECLAMADO. EQUIPARAÇÃO SALARIAL ENTRE AUXILIAR DE ENFERMAGEM E TÉCNICO DE ENFERMAGEM. No caso dos autos, a equiparação entre auxiliar e técnico de enfermagem foi assegurada em norma coletiva (Súmula nº 126 do TST). Por outro lado, de acordo com o entendimento desta Corte, é possível haver equiparação entre auxiliar e técnico de enfermagem, quando comprovada a identidade de funções. Acrescente-se que não é aplicável ao caso concreto a OJ nº 296 da SBDI-1 do TST, que diz respeito à impossibilidade de equiparação entre atendente e auxiliar de enfermagem sem a devida qualificação do primeiro. Recurso de revista de que não se conhece. PARCELAS VINCENDAS. Ao contrário do alegado pelo recorrente, a decisão do Regional está em consonância com o art. 460parágrafo único, do CPC, pois o dispositivo admite que há sentença com reserva, qual seja, aquela que decide relação condicional, desde que a decisão seja certa. Neste caso, em que o contrato de …

Turma mantém responsabilidade de hospital por acidente que matou técnica em enfermagem

Turma mantém responsabilidade de hospital por acidente que 
matou técnica em enfermagem mantém responsabilidade de hospital por acidente que matou técnica em enfermagem Coverter Turma mantém responsabilidade de hospital por acidente que matou técnica em enfermagem (Sex, 22 Abr 2016 07:31:00) A Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho manteve decisão que condenou a Associação Educadora São Carlos (AESC) – Hospital Santa Luzia a indenizar os pais de uma técnica de enfermagem que morreu em acidente com ambulância. O hospital deverá pagar R$ 50 mil por danos morais e pensão mensal até a data em que a filha completaria 70 anos. Os pais apresentaram ação contra o Hospital Santa Luzia e o município de Xangri-Lá (RS), porque a técnica participava da remoção de um paciente em carro da prefeitura que capotou após aquaplanar na estrada para Porto Alegre. Os pais alegaram o sofrimento causado pela perda da familiar e argumentaram que a remuneração dela era essencial para cobrir as despesas domé…

Missão Evangélica vai indenizar auxiliar de enfermagem indígena que não tirou férias por 13 anos

Missão Evangélica vai indenizar auxiliar de enfermagem indígena que não tirou férias por 13 anos
Missão Evangélica vai indenizar auxiliar de enfermagem indígena que não tirou férias por 13 anos Coverter Missão Evangélica vai indenizar auxiliar de enfermagem indígena que não tirou férias por 13 anos parasex, 15 Abr 2016 07:09:00) Um auxiliar de enfermagem indígena que por 13 anos seguidos trabalhou para a Missão Evangélica Caiuá, de Dourados (MS), sem sair de férias vai receber R$ 5 mil de indenização por danos existenciais, pela ausência do descanso legal anual. A instituição se insurgiu contra a condenação, mas a Quarta Turma do Tribunal Superior do Trabalho afirmou que o recurso não atendeu as exigências requeridas para seu conhecimento. Dispensado sem justa causa em 2013, o empregado recorreu à Justiça contando que anualmente era dispensado e recontratado no dia seguinte, não usufruindo as férias, apesar de recebê-las. A unicidade contratual foi reconhecida por meio de um termo de ajus…